Click for Lisbon, Portugal Forecast

segunda-feira, agosto 29, 2005

Aparências e evidências!


Hotel Isla Cartuja Posted by Picasa

O que parece muitas vezes não é! Esta imagem do Hotel Isla Cartuja será porventura uma imagem de outros tempos...
Agora, parece-nos um hotel sem alma e desprovido de interesse, a não ser pela localização. E... pelo preço! Na verdade, o pacote alojamento + entradas na Isla Mágica, apresenta preços imbatíveis no contexto da cidade. E para este fim de semana, era isso que se pretendia. Mas acordar com vista para uma ínfima parte do Estádio Olímpico e sem vista sequer para o céu, é algo no mínimo estranho. O site é por isso enganador e esta imagem deveras ilusória. Confirma-se assim que as aparências iludem mesmo!
Totalmente diferente, é o alojamento de charme onde ficámos há mais ou menos um ano! (Dá-nos para ír a Sevilla no pico do Verão...)
La Casa de los Mercadores, "centrico", na Rua Alvarez Quintero, 9, é uma óptima escolha para alguns dias em Sevilha ao melhor estilo andaluz. Vai-se bem a pé até ao Bairro de Santa Cruz, mesmo com niños (pelo menos a nossa já calcorreia bem todas estas distâncias). O mesmo é dizer que se chega fácilmente ao pé da Catedral, o que quer dizer também, que chegamos a um local onde se comem "tapas" em pleno coração de Sevilha.
Já falámos no Belmonte (Rua Mateos Gago, 24) e no Las Teresas (Rua Santa Teresa, 2), mas faltou-nos falar na Bodega de Santa Cruz (na esquina com a Rua Mateos Gago), onde se tem também acesso à Catedral e à Giralda, mesmo ali ao lado. Aqui, comem-se "montaditos" que são de chorar por mais. E vê-se gente gira, desde noruegueses a japoneses, tudo em festa, tudo em celebração na "calle". Os espanhóis parecem viver práticamente na rua e sempre em grandes festins!
E há muito mais para além das "tapas". Quando tivermos dinheiro...-:)) havemos de ír ao restaurante La Albahaca. Já estivemos dentro, vimos o menú (soberbo e caro!)... e enfim, aqui nos quedamos na expectativa até um dia, quem sabe... (é mesmo na Praça de Santa Cruz, nº 12). Para além das comidas, ninguém consegue ficar indiferente a um património histórico tão rico. E por isso há que caminhar depois das "copas" e seguir, por exemplo, pelas labirinticas ruas do antigo bairro judeu.
Apesar de termos ficado mais longe desta vez, este fim de semana repetimos a "peregrinação". E mesmo depois de um fim de semana assim em cheio, ainda tínhamos que vir ao grande final das Festas de Alvito, pois os nossos "Campos do Alentejo" comemoravam 11 anos. Parabéns e que continuem sempre a representar bem este concelho! Houve bolo, champagne e música. Música e dança até depois da uma e meia da manhã. Mãe e filha rodopiaram a valer! Deve ter sido do salero trazido da Andaluzia.

3 Comments:

At segunda-feira, agosto 29, 2005, Blogger Lumife said...

Finalmente consegui voltar ao convívio dos amigos.

Acho que vim na melhor altura, mesa posta com tudo para agrado da vista e não só.

Podem calcular a falta que me fazia estas visitas diárias ao V/ sítio.

Irei depois ver melhor o que me escapou nestes dias de "ausência".

Abraços.

 
At segunda-feira, agosto 29, 2005, Blogger Ludinais said...

Caro amigo,

Ainda bem que regressou. Também já sentíamos a sua falta aqui e no Beja, claro!

É uma mesa destas que queremos sempre posta para os amigos! Infelizmente, no caso deste local, onde ficámos no fim de semana, a foto não corresponde à realidade... Já vamos escrever sobre issso.

 
At quarta-feira, agosto 31, 2005, Anonymous Mar Adentro said...

E porque este é dos melhores que conheço, não resisti a inclui-lo nos cinco que recomendo no meu blog, comemorando assim o BlogDay. Parabéns e continue.

 

Enviar um comentário

<< Home