Click for Lisbon, Portugal Forecast

domingo, janeiro 28, 2007

Novos sabores





Andava "com ela fisgada" desde o início de Dezembro. A vontade. De ír à Estrela. Apetecia-me algo... Quando se ouve falar bem, da boca de quem já lá foi, é meio caminho andado para acreditar que vale a pena. Depois, também a "mais Alentejo" a dar o seu toque... E o nome: "Sabores da Estrela"... no Alentejo... "Que Estrela é esta?"

Dúvidas esclarecidas, atracção confirmada. Na Estrela, aldeia à "beira do lago", passa-se mesmo qualquer coisa! Com novos sabores.

Começa pelo espaço de bom gosto, modernidade e requinte simples. Design aberto, a roçar um minimalismo que não precisa mesmo de mais nada.

Depois a simpatia dos donos e do resto da equipa. O estarmos em casa. (Se tivessemos a nossa casa- restaurante aproximar-se-ía, em muitos pontos, desta casa do lago).
A música. Clássica... de Chopin, seria? (parece-me ter sido o que disse o Luís que percebe bem destas musicalidades...)

Já encantados com os "sabores" primeiros deste pequeno mundo, de "fora" do Alentejo tão dentro dele, chegámos à comida: um couvert com azeite aromatizado com alecrim, azeitonas, torresmos (que sequinhos e bons!) e "manteiga de cor" (acho que se diz assim). Todos com o pão e o pão com todos. As meninas (a Inês e a sua melhor acompanhante gastronómica, a Margarida) deliciadas. Carne de Alguidar com ovos mexidos como entrada, estava a ser cada vez melhor! E foi. Até ao fim, só coisas boas.
Para elas Migas com Entrecosto, que as moças gostam mais destes sabores do que se fossem alentejanas... ! Para nós, Coentrada de Gambas e Língua Estufada com Arroz de Espigos. Elas o mais tradicional, nós os "novos sabores" da bem apresentada ementa. Boa, muito boa a mão da cozinheira. Que ainda nos "ofereceu" uma Maçã Assada com Frutos Secos e uma Estrela de Chocolate. Ai que prazer!
Vinho Monte da Pata (que se vê dali) 2004, da Herdade dos Cotéis. Redondo e "quente". Há vinhos assim. Pouco divulgados, mas bastante recomendáveis. Até o sumo de laranja delas, sabia a verdadeiro.
Acrescente-se o engenho de um "espaço gourmet", para trazer para casa os azeites e os vinhos ali provados.
E mais do que isto? Os preços! Nada caros para esta evidente qualidade.
À conversa com os donos, confirmámos o que já era certo: ali há gente com sensibilidade e saber. A prova de que, para fazer bem, é preciso (também) formação e mundo.
Muitas ***** para os Sabores da Estrela! Vamos voltar. E recomendar!

1 Comments:

At terça-feira, fevereiro 06, 2007, Blogger gastrophilus said...

Gostaria de partilhar os sabores e as sensações que tive o privilégio de usufruir em tão discreto e próximo lugar, junto ao Grande lago na Aldeia da Estrela. Partilhar os sabores pela excelência das entradas, imaginativas e desencadeadoras de um leque de experiências que colocam muito alto a fasquia dos pratos seguintes. Partilhar e corroborar as sensações de bom gosto sem acessório, afabilidade sem subserviência, cordialidade sem lamechice. Mas sobre tudo o saber estar (profissionalismo) de toda a equipa liderada por D. Maria José Godinho ( carinhosamente chamada por Bia) e Sr. Eduardo Salgueiro. Bem hajam.
Imagino o que será estar na Primavera, naquela varanda virada para o “Mar da Estrela”, discreto pela paz que transmite mas sempre perto pelo vontade de revisitar.

 

Enviar um comentário

<< Home